Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Então e estes?

por RG, em 26.01.12

  Existem pessoas que lutam pelos direitos dos animais. Outras que são sensíveis ao assunto, e outras ainda, que simplesmente vêm os animais, como seres inferiores, não merecedoras de qualquer tipo de respeito.

  Quando se pensa em situações em que os animais são vitimas de abuso, normalmente associa-se mais depressa, as touradas, os circos, o abandono de animais domésticos, a caça legal/ilegal, ou até mesmo a criação industrial de animais, que servirão de futuro alimento aos seres humanos.

  Todas estas circunstâncias são frequentemente debatidas na sociedade, havendo as habituais opiniões, pró ou contra, com maior ou menor validade.

  No entanto, existe uma situação que ocorre frequentemente, bem à frente dos nossos olhos, e que não levanta tanta celeuma. Refiro-me à venda de animais domésticos, nas lojas.

  Seja num centro comercial, ou no meio de uma rua, existem várias lojas onde se vendem animais. Ora, tirando eventualmente os peixes nos aquários, que dizem não ter grande memória, pois passados 2 ou 3 segundos já não se lembram de nada, os restantes animais serão com certeza mais sensíveis ao facto de passarem horas, semanas, ou meses, fechados em espaços mínimos.

  É que pode ser muito bonito, as crianças passarem, e verem ali um cachorro, um gatito, ou mesmo um coelhinho fofinho (por regra, só costumam estar crias em exposição), a "pedirem" para serem levados para suas casas. Mas enquanto não são comprados (e muitos devem acabar por não ser mesmo) encontram-se confinados a espaços minúsculos, sem poderem estar à vontade, e sob o stress de terem que suportar os olhares e sabe-se lá mais o quê, de quem passa, pára, olha e mexe nas gaiolas, ou nas caixas onde se encontram.

  E por vezes, juntam-se ali 2, 3 ou mais bichos, ao monte, a partilhar o mesmo habitáculo.

  É verdade que algumas lojas conseguem ter espaços até razoáveis. Existem lojas que inclusive, não mantêm os animais muito tempo em cativeiro. Mas a maioria não é assim, e possivelmente os donos estão mais preocupados em fazer negócio, do que com o bem estar das criaturinhas.

  E quando assim acontece, se isto não é um mau trato, é o quê? 

 

RG   

  

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:29



Onde o concreto e o abstracto se encontram.

Curiosos


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D