Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mas que raio...

por RG, em 14.01.13

Não consigo perceber aquelas pessoas que são fãs de alguém, mas de forma doentia.

Gostar do trabalho ou obra de alguém, é normal, mas quando a coisa vira obsessão, isso só pode ser doença.

Pegando nos casos da música. Eu adoro música (quem não gosta?), e adoro vários géneros de música, bandas, cantores, Dj's. Mas nunca tive uma fixação por um artista. Nem quando era um teenager inconsciente.

De qualquer forma, quando se vê uma teen histérica, a chorar, e a ter chiliques por ver o seu ídolo em palco, é mau, mas até se compreende. É jovem, não tem noção do ridículo, por isso dá-se um desconto. O pior é quando a idade avança, e os sintomas mantêm-se. Presenciar pessoal já crescido, entenda-se todos aqueles que já são maiores de idade, a comportarem-se como teens, é ainda mais deprimente de assistir.

Os fãs fanáticos, têm uma particulariedade interessante. Se por um lado, e como é óbvio, são os primeiros a defenderem os seus ídolos, contra tudo e todos, são também os primeiros a atacá-los veemente, caso estes os desiludam drasticamente. É claro que o conceito de agradar, e desiludir, também pode ser muito vago, e a linha que os separa, é igualmente muito ténue.

Note-se o caso de uns fãs de Justin Bieber, que ficaram muito chateados com este último, por ele ter sido apanhado a fumar um charro. Uiiii, desgraça das desgraças. Estes jovens fãs, ficaram tão desiludidos, que decidiram fazer o quê? Auto-mutilaram-se, para tentarem dissuadir o cantor desse caminho da droga.

Errr...sinceramente, alguma vez na vida, cortaria partes do meu corpinho, para chamar a atenção de um artista? É muita pancada, ou falta dela, sei lá. Esta é prova que qualquer um é livre de gostar mais ou menos, de um artista, mas ao chegar a um ponto extremo, é a saúde que sai prejudicada.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:12



Onde o concreto e o abstracto se encontram.

Curiosos


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D