Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Reflectir

por RG, em 31.05.05
"Na vida tudo é passageiro...
menos os motoristas."




Reflectir

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:08

Belas Invenções - Ténis

por RG, em 29.05.05
Os benefícios dos ténis:
Saúde – Proporcionam um andar mais cómodo causando uma posição mais correcta da coluna. Recomendada a sua utilização em quase todos os desportos que se pratiquem calçados. Aconselhável para quem sofre da calosidades e/ou joanetes.
Moda – Acessório que marca classes sociais e épocas.*
Utilidade – Permite calcorrear todo o tipo de terreno facilmente. Ficam bem em quase todas as situações.**
Acessibilidade – Enorme facilidade na sua aquisição. Dada a relação preço/qualidade, podem ser obtidos por verbas algo exageradas em lojas da especialidade, ou pelo preço da uva mijona, através de comerciantes em nome individual, especialistas na contrafacção.***

(*) Quem não se lembra do período dos All Star ou Redley.
(**) Excepto à entrada de alguns estabelecimentos de diversão nocturna.
(***) Ciganos.


RG

Os meus ténis

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:36

(In)compatibilidades

por RG, em 28.05.05
Por muito que se queira, as pessoas nem sempre são compatíveis.



RG



(in)compatibilidades

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:02

Será que custa muito?

por RG, em 26.05.05
É normal que as pessoas passem por certas situações de embaraço na presença de terceiros.
São alturas em que, por esquecimento, se fica com a braguilha aberta, ou por distracção não se repara que caiu uma nódoa de molho na camisa, ou até que se tem uma ramela mais persistente no canto do olho. Como ainda não foi inventado o aparelho-que-detecta-elementos-considerados-fora-dos-parâmetros-normais-da-aparência-da-pessoa, é perfeitamente natural que quem passe por estas ocorrências desagradáveis, muitas das vezes, nem dê conta da figura menos própria que está a fazer.
Agora o que é curioso, ou mesmo estranho, é que na maioria das vezes, as pessoas com quem estamos a confraternizar no momento, e que se apercebem do que está “errado”, não nos alertam para tal. Talvez por pensarem que vão ser indelicadas, inconvenientes, ou por uma questão de timidez, preferem disfarçar e deixar os incautos ali ao “Deus dará”. Pode-se dar algum desconto quando as pessoas não são conhecidas, e não existe aproximação entre elas. Mas é indesculpável quando estão envolvidas pessoas chegadas, como familiares ou amigos.
Será que custa muito avisar alguém que: «olha pá, tens aí uma borbulha na testa, do tamanho de uma azeitona, pronta a arrebentar.»? ou «não te rias muito, que ainda tens aí nos dentes um resto da feijoada.»? ou ainda «epá, apesar de ser muito agradável à vista, cuidado com esse decote, pois já saltou uma “peça de fruta” cá para fora.»?
Enfim, alerta aos outros, aquilo que gostavas que alertassem a ti.

PS: Viva os jantares de convívio que permitem abordar temas tão importantes como este.

RG


Será que custa muito?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:27

A corrida

por RG, em 24.05.05
Era uma vez uma terra mágica onde habitavam muitas tribos diferentes.
Todos os anos, essas tribos organizavam uma corrida especial, para determinar qual seria a tribo mais poderosa. Essa prova começava num ponto do país e terminava noutro, passando por todas as aldeias que participavam e era disputada entre seres mágicos que representavam cada tribo.
Durante o decorrer dos tempos foram-se destacando 3 tribos. O povo das Águias (que tinha mais títulos), dos Leões e dos Dragões. As 2 últimas edições tinham sido ganhas pelo povo dos Dragões, que aproveitou o facto de ter 1 feiticeiro muito poderoso chamado Mourinhol para orientar o dragão de estimação dessa tribo. Mas esse feiticeiro foi procurar riqueza e fama para outras terras.
Começou então mais uma corrida que se previa muito equilibrada, embora o favoritismo recaísse sobre o povo dos Dragões e dos Leões. Mas o que se verificou, é que apesar de alguns sábios dizerem que era o leão do povo dos Leões quem melhor corria, e outros dizerem que o dragão é que tinha a vantagem por estar mais rotinado a vencer, na realidade era a águia do povo das Águias que se mantinha à frente da corrida, apesar do seu voo irregular. A luta foi intensa.
Até que se chegou à recta final. E com a meta à vista, águia e leão iam lado a lado. Foi então que com um golpe de génio, a águia deu uma bicada no leão que o deixou de fora da prova. O povo dos leões barafustou, alegando que haveria ali magia negra que os tinha prejudicado, mas acabaram mesmo por se verem afastados da competição.
Seguiu-se então um despique final entre a águia e o dragão, que veio de trás embalado. Mas a águia encheu-se de coragem e brio e alcançou mesmo a meta em 1º lugar dando o título de campeões, que já escapava há 11 anos, ao povo das Águias.
E nesse dia houve festa da grossa, até altas horas da madrugada, por toda a terra mágica, que se vestiu de vermelho e branco (as cores representativas da tribo das Águias) para festejar esse grandioso feito.

RG


A águia mágica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:23

Sou Serpente

por RG, em 22.05.05

Podia pertencer a outro signo chinês qualquer, mas calhou a influência da Serpente:

 "A Serpente é sábia, discreta, activa, adaptável e tem uma natureza poderosa. Tira o melhor partido das situações. Adora bisbilhotar e é extremamente moralista. É cheia de secretismos. Nunca se sabe em que solo pisamos com a Serpente, portanto é boa ideia agir com respeito. É uma boa detectora de mentiras, e não aceita levemente as pessoas que as dizem. As Serpentes adoram estar apaixonadas e são verdadeiramente sexy. Têm uma personalidade sentimental, invejosa, possessiva e leal. Ninguém consegue ser mais possessiva com a familia e com os amigos do que a Serpente. Têm mau perder. A Serpente é educada e confiante, refinada e elegante. Adoram investigação e debate.
Carácter
Virtudes: Elegantes, simpáticas, apaixonadas e refinadas
Defeitos: Perfeccionistas e vaidosas
Compatibilidades
Melhor: Búfalo, Galo
Assim, assim: Rato, Coelho, Dragão, Serpente e Cão
Pior: Macaco, Tigre e Porco"

In Astrologia no Sapo

Serpente (She)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:35

Belas Invenções - Óculos de sol

por RG, em 20.05.05

Os benefícios dos óculos de sol:
Saúde - Protecção da vista em relação aos efeitos nocivos dos raios solares, entrada de ciscos nos olhos e aparecimento prematuro de rugas.
Moda – Objecto que dá um toque de elegância, mistério, sensualidade e fashion a certas pessoas.*
Utilidade – Ajuda a identificar mais fácilmente os invisuais. Disfarça estrabismos. Facilita o acto de observar terceiros à vontade, sem se ser notado. Pode ser utilizado como bandolete.**
Acessibilidade – Hoje em dia é extremamente fácil comprar uns óculos de sol, de qualquer marca e preço. Quer seja em lojas da especialidade, quer seja por intermédio de comerciantes em nome individual, especialistas na contrafacção.***

(*) Infelizmente noutras dá um ar de palhaço/a.
(**) Nas mulheres até fica sexy, nos homens fica ridículo, principalmente nos
carecas.
(***) Ciganos.

RG

 Os meus óculos de sol

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:41

Tu não sabes

por RG, em 15.05.05
"Tu não sabes

Quanto tempo vais poder

Dizer: «Este sou eu»,

Gritar que o chão é teu,

Tu não sabes,

Que o céu chama por ti,

Quando à noite te sorri,

Quando as pétalas se abrem

Só por si,

Tu não sabes.Tu não sabes

Quanto tempo irás pedir

Quando o sangue te fugir,

Quando o punho se fechar

Sobre ti,

Tu não sabes,

Que o sonho não morreu

Quando o beijo se perdeu,

Que a manhã não acabou

Só por nós,

Tu não sabes.Que palavras vais usar

Quando o sono não vier,

Quando a noite te disser:

«Vem comigo».

Que loucura irás dizer

Quando a mão que te apertar

Te pedir para ficares

Só mais um dia,

Tu não sabes,

Tu não sabes,

Tu não sabes.Tu não sabes

Quantos rios se vão deter,

Quantos olhos vão beber

Nas palavras que colaste

Junto ao peito,

Tu não sabes,

Que os teus dedos são já meus,

Que se vão fechar nos teus,

Quando os barcos se despedem

Na maré,

Tu não sabes.Que palavras vais usar

Quando o sono não vier,

Quando a noite te disser:

«Vem comigo».

Que loucura irás dizer

Quando a mão que te apertar

Te pedir para ficares

Só mais um dia,

Tu não sabes,

Tu não sabes,

Tu não sabes,

Tu não sabes…. "




Pedro Abrunhosa



Tu não sabes

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:21

Superstição

por RG, em 14.05.05
do Lat. superstitione

s. f.,
sentimento religioso erróneo que induz a criar falsas obrigações e que leva à prática de deveres absurdos ou imaginários;
excessiva credulidade;
crendice;
preconceito.



Curiosa a mania das pessoas em socorrerem-se das superstições para se protegerem do que não compreendem, ou para conseguirem aquela ajuda “divina” afim de atingirem os seus objectivos.
O jogador que se benze 3 vezes e salta ao pé-coxinho, antes de entrar em jogo, vai ter mais sorte que os outros (embora todos façam o mesmo)?
Aquele que usa uma pata de coelho ou ferradura, tem mais probabilidades de lhe sair o totoloto?(as papelarias podiam fazer negócio ao vender amuletos, quando fornecessem os boletins)
Será mesmo que passar por debaixo de uma escada, é motivo para esperar uma desgraça eminente?(pior é passar por cima de um buraco sem reparar)
A pessoa ao cruzar-se com um gato preto, tem definitivamente o dia desgraçado (mesmo sendo daltónica)?
Sextas-feiras 13, são assim tão más?(a minha até correu bem)

Enfim…pelo sim pelo não, é melhor bater 3 vezes na madeira, lagarto,lagarto,lagarto!




RG


Superstição

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

Os 5 segredos para um homem ser feliz

por RG, em 11.05.05
1. É importante encontrar uma mulher que tenha um bom emprego

2. É importante encontrar uma mulher que nos faça rir

3. É importante encontrar uma mulher que seja responsável e não minta

4. É importante encontrar uma mulher boa na cama e que adore fazer sexo

5. É extremamente importante que estas quatro mulheres nunca se encontrem




Felicidade

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:57

Pág. 1/2



Onde o concreto e o abstracto se encontram.

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2005

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D