Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Atenção à linguagem

por RG, em 28.06.06
Se no meio de uma conversa, surgir-nos uma dúvida, estamos sujeitos a ouvir: “Epá, vai mas é pesquisar n’accoona.”
Pode parecer um pouco ofensivo, mas não é.
Accoona é o novo motor de busca, que pretende rivalizar com o Google.
E para não haver certas confusões, lê-se “acuna”, porque é uma palavra que terá sido baseada na música “akuna matata” do filme Rei Leão.
Agora, há todo um mundo a explorar, pela Accoona a dentro.

RG

Busca pela Accoona

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:54

Dois pontos:

por RG, em 25.06.06
1- Nem sempre as pessoas mais sorridentes, são as mais felizes, assim como as pessoas mais sisudas nem sempre são as mais tristes.
2- Tudo o que nos acontece, acontece por um propósito, mesmo que levemos imenso tempo para perceber qual é.

RG

Sunrise

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:02

Tormenta

por RG, em 24.06.06
Mas porque é que elas aparecem na nossa vida?
Uma pessoa, está sossegada no seu canto, sem querer chatices, e lá surge uma de levezinho, de forma subtil.
E quando menos esperamos, já estamos marcados pela sua presença. Sentimos na pele a sua passagem que, mesmo sendo passageira, não deixa de incómoda, por ser inconveniente e nos atormentar.
Malfadadas borbulhas.

RG

Borbulhas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:31

Summer Hit

por RG, em 21.06.06
Eis que o verão chegou hoje.
Esta estação traz mais alegria e boa disposição às pessoas. É tempo de praia, sol, esplanada, corpinhos mais leves e desnudados. E festas, muitas festas, festivais, concertos, bares e discotecas.
E durante este período do ano, surge normalmente uma musiquinha que se torna na banda sonora do verão, de cada ano.
A música costuma ser engraçada, com um refrão fácil de decorar, e de preferência acompanhada com uma coreografia qualquer banal, que faz a delícia do povo.
Claro que esse “hit” passa tantas vezes em tudo o que tenha colunas de som, que quando o verão acaba, parece haver um reset colectivo, pois não há a mínima pachorra para voltar a ouvi-lo.
Entre os diversos sucessos de verão, passo a enumerar um pequeno top 5:
1º - É o bicho, é o bicho / Iran Costa
2º - Macarena / Los Del Rio
3º - Mambo Nº5 / Lou Vega
4º - Assereje / Las Ketchup
5º - Dragostea / O-Zone
Este top não reflecte o gosto pessoal do autor do blog, mas sim o facto de ter marcado alguns verões pela quantidade repetida de vezes, que as músicas passaram em rádios, discotecas ou som ambiente de centros comerciais.
Este ano, e depois dum ano passado em que tivemos de aturar um certo Frog com uma pilinha à mostra, ainda não se deslumbra um grande êxito musical.
Para já o melhor que se arranja é mesmo isto

RG

Summer Hits

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:56

Sinceridade até que ponto?

por RG, em 15.06.06
Sinceridade...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:48

Lançamento de S. António

por RG, em 12.06.06
Por ser um “ingrediente” muito em voga, está previsto o lançamento para este ano, do seguinte "Pack-Santos Populares":

Cerveja com sabor a Aloé Vera
Sardinha com molho de Aloé Vera
Manjerico com cheiro a Aloé Vera

RG

Pack Aloé Vera

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:59

Desportivismo

por RG, em 11.06.06
Nestas alturas, em que se realizam grandes eventos desportivos, como o Campeonato do Mundo de Futebol, costumo ter uma dúvida:
Em todas as selecções participantes, os jogadores costumam acordar com as respectivas Federações de Futebol, os prémios de jogo a receber em caso de vitória/empate, ou por metas atingidas.
Mas será que também fica decidido, que os jogadores têm de ressarcir a Federação, caso não ganhem nenhum jogo, ou não atingiam a classificação mínima exigida?

RG

Prémio de jogo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:46

Bela forma de convencer alguém

por RG, em 10.06.06
No seguimento da acusação por parte do Ministério Público, que mencionou ocorrerem maus tratos na Casa do Gaiato em Setúbal, um jornalista da agência Lusa foi entrevistar o responsável pelas Casas do Gaiato, o padre Acílio Fernandes.
Ora, enquanto o referido padre lá ia defendendo o bom nome da casa, negando haver abusos desse género, um miúdo de 5 anos insistia em aproximar-se dos intervenientes da entrevista.
Eis quando, após 2 ou 3 aproximações, o respeitável padre resolver contemplar o “puto” com uma bofetada.
Perante a estupefacção do entrevistador, o padre alertou logo para o facto do rapaz já ter sido avisado para se afastar anteriormente, que o mesmo nem fazia parte da Casa do Gaiato, e que aquele gesto não passava de uma atitude paternalista.
Bom, independentemente da atitude ser reprovável ou não, até porque há por ai muitos gaiatos que bem precisam de uns tabefes para se porem na linha, o que é hilariante é o timing escolhido para ser aplicada a estalada.
É que nada melhor que refutar uma acusação de maus tratos a alguém, do que com a aplicação de tamanho acto de ternura.
Engraçado é se este tipo de comportamento, começar a se alastrar para outras situações.
Por exemplo, imaginar um grupo de defesa dos direitos animais, numa manifestação anti-touradas junto do Campo Pequeno, e ver um dos manifestantes a dar um pontapé num cão para o afastar, por ele estar a rondá-lo insistentemente.
Ou então, ver um ecologista a protestar contra a poluição causada por uma fábrica, enquanto atira para o chão um pacote de pastilhas usadas.
Ou ainda, ouvir um candidato a primeiro-ministro dizer que não vai aumentar os impostos, e a primeira coisa que faz assim que assume esse posto, é precisamente o contrário…humm, se calhar este último exemplo não é assim tão original.

RG

Convencer

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:29


Onde o concreto e o abstracto se encontram.

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2006

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D