Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Porque é Verão

por RG, em 25.07.07

Pois é, estamos no Verão!

O único problema, é que as pessoas andam muito distraídas , e deixam as janelas e portas abertas ao mesmo tempo. É por isso que tem estado uma corrente de ar gigantesca, por Lisboa e arredores.

Mas assim que o pessoal tiver um pouco mais de cuidado, isto passa.

Além do mais, parece que agora o calor está a chegar com mais força (excepto à noite, que continua fresquinha, fresquinha.)

Posto isto, nada melhor que um hitzinho musical, para colorir a estação.

(E sim, esta música aparece no anúncio da Optimus).

 

RG

 

"Peter, Bjorn & John - Young Folks"

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:07

Toca a ajudar o ambiente

por RG, em 11.07.07

Recebi por e-mail, a seguinte informação que achei curiosa:

 

"Quando o monitor está todo branco (uma página do Word, por exemplo), o
computador consome cerca de 74 watts. Quando está todo preto, utiliza,
em média, 59 watts. Partindo deste princípio, há alguns meses atrás,
Mark Ontkush escreveu um artigo sobre a economia que poderia ser feita
se a página do Google possuísse um fundo preto em vez de branco.


Levando em conta a altíssima popularidade do site, seriam economizados,
segundo os cálculos de Mark, cerca de 750 megawatts/hora por ano.


Em resposta ao post, o Google criou uma versão toda escura do seu search
engine chamada Blackle.com
<http://blackle.com/>
, que funciona
exactamente igual à versão original mas consome menos energia.
http://www.blackle.com/ "

Como podem ver, inconscientemente até contribuo para a preservação do ambiente, já que predominam as cores escuras por aqui...

RG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:44

Olha mais uma foto minha!!

por RG, em 08.07.07

Pois é, para não dizerem que não sou fotogénico, aqui está uma bela versão minha...à la simpson!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:37

Despedida

por RG, em 03.07.07

Como dizer-te isto sem parecer cruel?

Qual é a melhor forma de conseguir mostrar-te, sem te magoar, que passados três anos de relação, é agora altura de seguirmos caminhos separados?

Não é fácil, acredita.

Ainda me lembro, como se fosse hoje, da primeira vez que te vi. Cruzámo-nos no Colombo. No meio daquela confusão típica de um centro comercial ao fim-de-semana, lá estavas tu, toda de preto. O teu corpo…ahh, esse teu corpo, de contornos esguios e elegantes, deixou-me completamente louco. Não mais consegui desviar a minha atenção de ti. Foi paixão à primeira vista.

Eu que nem sou pessoa de me deixar levar por impulsos, e que toda a gente goza por ser tão terra-a-terra, nesse dia nem pensei duas vezes. Tinhas de ser minha. E assim foi.

Três anos se passaram desde então. Mostraste ser, e ter, mais do que um corpo bonito. A tua inteligência era refrescante, entusiasmante. Adorava a forma como, habilidosamente, conseguias levantar-me requintados desafios mentais.

Foste uma companheira e uma amiga.

Sei que passámos momentos maravilhosos. É bem certo que houve alturas de perfeita comunhão contigo, em que nada mais importava, e em que tudo era secundário. Mas a verdade, é que já não sinto o que sentia por ti. Já não tenho aquela vontade louca de sair do trabalho, e vir a correr para casa, só para estar contigo, ou de abdicar das saídas com os meus amigos, só para te dar exclusiva atenção.

Talvez a culpa seja só minha. Talvez esteja a ser egoísta, ou simplesmente exigente a mais, mas já não consigo olhar para ti com os mesmos olhos de antigamente.

Que raio, também é sabido que tudo o que tem um princípio, tem um fim, mais cedo ou mais tarde, não é?

Pois…mas talvez não esteja a ser totalmente honesto contigo. Sabes que durante este tempo todo, sempre te fui fiel. Mas nestes últimos dias, comecei a sentir um grande interesse por outra. Curioso, agora que penso nisso, a primeira vez que estabeleci contacto com ela, foi igualmente no Colombo. Bom, não vou entrar em pormenores desnecessários, mas ela é simplesmente maravilhosa, e tenho a certeza que me vai dar algo mais. Algo que me preencha na totalidade.

Sei que é difícil, mas tenta não me levar a mal. Ainda sinto um grande carinho por ti, e vais ter sempre um lugar especial no meu coração, só que o destino é assim, prega-nos destas partidas.

Está decidido, apesar de teres sido uma bela consola de jogos, amanhã vou à loja trocar-te pela nova Playstation 3.

RG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:52


Onde o concreto e o abstracto se encontram.

Curiosos


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2007

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D